Lins Arquitetos Associados :: Rua Manoel Miguel dos Santos, 330 - Juazeiro do Norte, Cariri - Ce :: 55 88 2156-2745

 

Pavilhões Educacionais / Unileão

O conjunto de salas e laboratórios para o campus lagoa seca da Unileão está implantado entre dois edifícios pré-existentes, o que exigiu da intervenção, além do programa didático, a integração de todo o campus. Para tanto, foram edificados quatro pavilhões que articulam no terreno os jardins e as áreas de convivência.

O projeto se guia na diretriz institucional de fomentar as trocas além do tradicional ambiente didático, o que se traduz em qualificar todos os espaços, garantindo a permanência, as relações informais e, sobretudo, a imprevisibilidade dos usos.

Cada bloco tem três pisos, o térreo e dois pavimentos superiores, em que se distribui o programa de necessidades: laboratórios, quiosques e auditório no térreo e salas de aula nos dois pavimentos superiores. A edificação obedece a uma trama estrutural de eixos bem definidos e os blocos são deslocados entre si para formar pátios cobertos. Os materiais utilizados contribuem com o melhoramento do conforto térmico: alvenaria duplicada nas fachadas, pintura branca, madeira, piso de concreto e ladrilho hidráulico.

A orientação do conjunto é justificada pela insolação e conformação com a topografia, o que também possibilita a captação dos ventos para os ambientes. Sendo as salas equipadas de janelas altas em lados opostos, é favorecida a técnica de ventilação cruzada, independendo do uso de ar-condicionado para longa permanência das pessoas.

No afastamento entre os blocos, os pergolados de madeira cobertos com telha translúcida pulverizam a insolação excessiva e protegem os acessos (passarelas, escadas e rampa). Esse espaço livre também desobstrui a passagem natural do vento, beneficiado pelos generosos jardins internos que umidificam e resfriam o ar, criando um microclima mais ameno em oposição ao extremo climático do sertão cearense.

A criação de vazios no edifício dá suporte aos diversos usos não previstos, sobretudo no ambiente acadêmico, como um convite aos usuários para manifestação das artes, a convivência e o contato informal.

A escada plissada expõe a aparência natural do concreto em contraste aos pilares revestidos de ladrilho hidráulico, cujos padrões fortalecem o regionalismo e a produção local.

O desenho dos guarda corpos fazem referência à composição mondriânica, paginados em módulos rotacionados formando um arranjo dinâmico. Foram fabricados em peças metálicas produzidas em série, característica que reduziu os custos finais de execução.

Por todo o conjunto foram dispostos mobiliários: mesas de concreto e bancos revestidos também em ladrilho hidráulico. A “Praça das Carnaúbas” antecede os pavilhões e faz a integração do conjunto edificado, o programa também contemplou uma coberta sobre o mobiliário de apoio aos quiosques. Como o próprio nome aponta, o paisagismo se articula a partir das Carnaúbas, palmeira de porte elegante que ocorre em abundância no estado.

 

Ficha Técnica

Nome do Projeto: Pavilhões – Unileão


Localização: Juazeiro do Norte – CE


Ano de conclusão da obra: 2014


Área total construída (m2): 9.815 m²


Arquitetos responsáveis: Cintia Lins, Deborah Lins e George Lins

Arquitetas colaboradoras: Sarah Bastos e Camila Bezerra


Estagiários: Samuel Melo, Alice Teles e Paula Thiers


Fotógrafa: Joana França